Dicas

  • Taxa de conversão: tudo que você precisa saber

    3 ago 2017
    Guilherme Teixeira
    214
    0

    Uma das várias métricas utilizadas pelas empresas para calcular o êxito de suas estratégias é a taxa de conversão. Ela pode servir como um indicativo da eficiência de uma estratégia de comunicação ou campanha.

    Algumas empresas a calculam somente uma vez por ano, a fim de entender quais estratégias obtiveram o sucesso desejado. E outras nem sequer prestam atenção nesse dado.

    Mas afinal, o que é a taxa de conversão?

    O principal objetivo dessa métrica é perceber se os investimentos feitos pela sua empresa estão tendo bons retornos.

    Além disso, a taxa de conversão é uma forma eficaz de medir os resultados das suas estratégias de Marketing Digital.

    É importante que você tenha em mente qual o indicativo da sua taxa de conversão: o preenchimento de um cadastro, solicitação de um orçamento ou taxa de abertura de uma campanha de Email Marketing.


    Taxa de conversão x Funil de Vendas

    A taxa de conversão pode dizer diversas informações preciosas para sua empresa. Uma delas é mostrar o ponto fraco do seu funil de vendas.

    Quando calculamos a taxa de conversão baseado no funil de vendas, não só descobrimos onde está o ponto fraco da estratégia, mas também conseguimos mensurar a real taxa de conversão do site.

    Podemos calcular, por exemplo, quantos visitantes se tornam leads em seu site. Isso vai nos dizer quantas pessoas entram no site e tomam alguma atitude que indica uma nutrição daquele relacionamento.

    Se o seu site tem 10.000 visitantes e 653 preenchem algum formulário ou fazem um pedido de orçamento pode calcular a taxa de conversão

    Visitantes: 10.000

    Número de conversões: 653

    Tx de Conversão: 653/10.000 = 6,53%

    funil de vendasComo saber se tenho uma baixa taxa de conversão?

    É preciso ter um conhecimento profundo sobre sua empresa e o mercado em que ela está inserida. Somente um estudo mais completo de comparação entre os segmentos pode lhe ajudar a identificar.

    Porém, se mais de 90% dos seus visitantes estão deixando seu site sem fazer qualquer sinal de fidelização, pode ser que haja um problema.

    Em linhas gerais, a taxa de conversão é um número muito importante e que deve ser colocado em pauta em uma empresa.

    Ela vai nortear suas ações de marketing, trazer insights sobre seu público e mostrar os principais pontos fracos. Esse estudo é essencial para quem quer atingir uma boa performance, identificando os problemas, fazendo deles oportunidades para buscar resultados melhores.

    Continue Reading
  • Como transformar o Facebook de sua empresa em vendas

    4 jul 2017
    Guilherme Teixeira
    218
    0

    O Facebook é uma das maiores e mais ativas redes sociais do mundo. São quase 2 bilhões de usuários ativos todos os meses, o que significa um vasto mercado aberto para seu negócio.

    Mesmo que pareça simples, postar qualquer foto e vídeo não garante que os clientes apareçam prontos para consumir seu produto. É preciso ter estratégias.

    Vamos passar algumas dicas que irão te ajudar a transformar a página do seu negócio no Facebook um lugar para impulsionar suas vendas. Elas vão te ajudar a criar conteúdos que engajam seu público e a utilizar as ferramentas que a rede social tem a seu favor.

    1. Escolha boas fotos de perfil e capa

    Lembre-se de escolher imagens que lembrem a sua marca, como sua logomarca. É interessante que as pessoas que entrem no perfil da sua empresa reconheçam sua marca por essas imagens.

    2. Coloque um botão Call-to-action

    Essa é uma das ferramentas oferecidas pelo Facebook às páginas empresariais. Esse botão é uma maneira de levar o visitante diretamente para seu site, ou em uma versão mobile, pode ligar diretamente para sua empresa.

    O Facebook dá várias opções como, “Fale conosco”, “Faça sua reserva” ou “Saiba Mais”. É só você escolher a que mais faz sentido para o seu negócio.

    3. Determine o horário e a frequência ideal para suas postagens

    No marketing digital, as estratégias são de extrema importância. Para cria-las é preciso observar o comportamento do cliente nas redes e fazer testes.

    Com as postagens para o Facebook do seu negócio não é diferente. A partir de análises de relatórios feitos pela própria rede e observação de seus clientes, é possível chegar a um número de postagens ideal e ainda o melhor horário para suas publicações.

    Não se esqueça de ir se adaptando ao longo do tempo já que o comportamento de seu público pode ir mudando.

    4. Monitore e responda mensagens e comentários

    Fazer o seu público engajar nas suas publicações já é ótimo e para manter esse resultado é preciso que você responda. De maneira rápida, eficiente e educada, é de extrema importância que você dê a atenção a cada um de seus seguidores. Dessa maneira eles se sentem já bem atendidos e tem mais propensão de escolher a sua empresa e elogiar o seu negócio para amigos e parentes.

    5. Promova sua página

    Uma ótima ferramenta disponibilizada pelo Facebook é de patrocinar posts. Isso quer dizer que você paga um valor e a rede espalha aquele conteúdo para um maior número de pessoas que ainda não segue sua página. Esse anúncio pode ser direcionado para o seu público alvo. Você escolhe faixa etária, sexo, localização e até pessoas que já seguem marcas parecidas com a sua. Dessa maneira você atrai as pessoas certas para sua página e consequentemente para seu negócio.

     

    Continue Reading
  • Porque não cortar o marketing nos momentos de crise

    10 abr 2017
    Guilherme Teixeira
    488
    0

    Em tempos de crise financeira é normal que as empresas façam alguns cortes para não comprometer o andamento. Nessas horas um dos primeiros departamentos que sofrem com esses cortes é o de marketing e comunicação.

    Isso porque ainda é pouco difundido a importância e a relevância que um trabalho bem feito do setor de marketing pode ter nas estratégias do seu negócio. Esse setor é responsável por fazer análises internas da empresa e análises de mercado, identificar tendências, entender e engajar com o público e manter uma boa relação com clientes e possíveis clientes.

    Além disso, é esse setor que, em situações de crise pode ajudar a reverter a situação criando estratégias inteligentes que podem alcançar bons resultados no curto e médio prazo.

    Aqui vão mais alguns motivos para você não deixar de lado a equipe do marketing:

    1. O marketing ajuda na construção da imagem da sua empresa

    Manter a qualidade do seu produto e do seu atendimento ao cliente já deixou de ser um diferencial no mercado competitivo de hoje. Por isso é preciso criar estratégias que destaquem seus diferenciais competitivos, que passam por manter uma relação próxima com o cliente. É aí que o marketing tem um papel essencial.

    Se em um momento de crise está difícil conseguir novos clientes, é necessário que se reafirme a fidelização daqueles que já fazem uso do seu produto. São eles quem irão garantir que seu negócio continue vendendo e podem ainda indicar a sua empresa a amigos e familiares que também precisam do serviço e/ou produto oferecido.

    2. O marketing consegue bons resultados para curto, médio e longo prazo

    As relações de curto prazo envolvem somente a venda, principalmente com aquele tipo de cliente que já sabe o que quer e estão prontos para a compra. Mas no médio e longo prazo o marketing, principalmente o marketing de conteúdo, tem um papel importante.

    Isso porque as estratégias de longo prazo incluem uma construção mais densa da imagem da empresa na busca pela conquista de novos clientes e de aumento do número de vendas. Procurar somente por saídas imediatas em tempos de crise pode ser um erro perante a um mercado de tanta concorrência.

    3. O marketing faz um estudo e conhece bem o perfil do seu consumidor

    Por mais que os empresários e os donos de negócios têm ideia de quem são seus clientes, os profissionais de marketing conseguem fazer um estudo mais a fundo. Esse tipo de conhecimento acaba sendo muito produtivo e gera resultados que te colocam a frente do mercado.

    Hoje já não se faz mais uma definição de público tão abrangente que envolve somente o sexo, idade e classe social. Os clientes estão mais exigentes e o mercado tem que acompanhar a segmentação existente. Por isso o marketing digital criou a concepção de personas, que são representações de um público ideal com características específicas como idade, interesses, objetivos e dificuldades.

    Dessa maneira o profissional de marketing consegue aconselhar seu departamento de vendas sobre as melhores formas de atender os objetivos desse cliente.

    4. O marketing trabalha diretamente com mensuração de resultados

    O marketing digital é uma área que vem se destacando porque trabalha com precisão em cada ação. Desde do estudo do público alvo, até identificar qual ação levou a venda e quais tiveram a maior taxa de rejeição.

    Isso ajuda muito na hora de mensurar os resultados de cada estratégia e perceber em cada caso o que vem dando certo e o que não. Através desses números o profissional de marketing consegue aumentar as vendas e otimizar os investimentos, duas ações imprescindíveis em momentos de crise.

    Podemos então concluir que o mercado vem sofrendo muitas mudanças e enxerga-se uma mudança no hábito de consumo. Por isso é preciso focar em novas formas de vender e para isso nada mais essencial que uma competente e qualificada equipe de marketing.

    Continue Reading
  • Como usar a internet a seu favor para melhor entender as tendências e comportamentos do nosso tempo

    2 mar 2017
    Guilherme Teixeira
    487
    0

    A chegada da internet nos permitiu ter um acesso muito mais rápido às notícias e conteúdos disponibilizados ao redor do mundo. Além disso, o fluxo de informações é cada vez mais intenso e por isso, muitas vezes não sabemos por onde começar ou por onde pesquisar aquilo que precisamos ou temos o interesse em saber. Sabendo que um bom publicitário precisa estar sempre antenado e atualizado sobre o que está rolando, é importante buscar por diferentes maneiras de conseguir ficar por dentro das atualidades e consequentemente entender melhor o cenário e o comportamento dos internautas e consequentemente, o espírito do nosso tempo.

    Para entender melhor a maneira como as pessoas estão se comportando, o que pensam, usam, defendem e questionam, procure por conteúdos que abordem comportamentos e metodologias mais contemporâneos, informativos, inovadores e questionadores. Esses conteúdos podem vir de sites de notícia, blogs, vlogs e transmissão de eventos que tenham a ver com esses temas. Ted Talks, Trend Wathcing, b9 além de diversos canais de notícia como o AJ+, Ninja, G1 e Wired são algumas das fontes para a busca de informações.

    Outra maneira interessante de entender comportamento é por meio de plataformas que ofereçam um conteúdo cultural relacionado à música, cinema e literatura. Por meio do Spotify você encontra listas das músicas mais ouvidas no brasil e no mundo. No IMDB você tem acesso aos filmes mais bem avaliados pelos internautas e no Omelet é possível encontrar diversas notícias relacionadas a esse cenário cultural além de artigos produzidos pelos colunistas do site.

    Pode parecer que a quantidade de plataformas é ampla demais e que você não vai ter mais tempo para fazer o que gosta, mas a dica que damos a você é: Use seus interesses, hobbies e tempo livre à seu favor. Como por exemplo… Sabe a sua conta da Netflix? Não, ela não precisa ficar esquecida!

    Assista a filmes e séries que você tem notado que geraram certa repercussão nos últimos tempos. Enquanto você assiste, tente perceber os elementos, acontecimentos que possivelmente permitiram identificação do público com a série ou filme em questão. Tente também estabelecer o gênero predominante (tem mais comédia, drama, suspense ou terror?). Esse tipo de exercício te ajuda a aprimorar o senso crítico além de te permitir compreender melhor os valores sociais atuais.

    Por fim, sites de moda e estilo também não podem ficar de fora. Eles dizem muito sobre comportamento uma vez que moda também é uma forma de expressão que pode transmitir valores e comportamentos. Vogue, Elle e The Sartorialist são alguns exemplos de fontes interessantes a serem buscadas.

    Diante de tudo isso, podemos concluir que todo esse conteúdo presente na internet nos diz muita coisa sobre a opinião pública e sobre a maneira que vivemos off-line. Por isso, sempre que possível utilize essas informações a seu favor mantenha-se sempre antenado sobre as atualidades e conteúdos que geraram repercussão nos últimos tempos.

    Continue Reading
  • Continue Reading
  • Apresentações de impacto: como torná-las mais atrativas

    20 abr 2016
    Guilherme Teixeira
    626
    0

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Sed consectetur magna id ullamcorper porta. Ut ullamcorper dolor eu tincidunt porta. Proin rutrum, arcu a molestie tempor, ex urna auctor nibh, non convallis nunc lectus at eros. Quisque auctor pulvinar nisi et pellentesque.

    Continue Reading