Dicas para a criação de Landing Pages que convertem

18 nov 2016
Guilherme Teixeira
540
0

            Já abordamos em diversos posts do blog a importância da produção e divulgação de conteúdos relevantes para os seus clientes. Hoje vamos falar sobre uma forma de atrair e segmentar seu público: as Landing Pages.

Quando bem utilizadas, as Landing Pages podem ocasionar na geração de leads, numa aproximação da sua empresa com o público e na redução do custo de aquisição por cliente (CAC). Confira nossas dicas para rever a forma como você utiliza este recurso.

            1 – Procure uma estrutura simples

            Também conhecida como página de conversão, a Landing Page é uma página com um objetivo claro: convencer o visitante a aceitar uma oferta em troca de alguns dados. Essa oferta pode ser de um conteúdo gratuito, de um curso, entre outros. O importante é que tudo esteja bem claro no layout.

Adote uma estrutura simples, com um título chamativo, a oferta em questão, um formulário e um call-to-action. Evite criar algo muito complexo, que possa desestimular o seu lead a fornecer seus dados para adquirir o conteúdo. Seja direto e mantenha o foco sempre na oferta.

2 – Atenção para o layout

            Para o layout vale o que já foi dito na dica anterior. O foco deve ser sempre a oferta. Utilize imagens que se relacionem com o que está sendo anunciado e evite distrações e animações irrelevantes, por exemplo.

Utilize cores chamativas para dar destaque ao título e ao call-to-action.

Outra dica importante é evitar criar saídas do site. Execute o layout de forma que o visitante tenha poucas opções dentro da página, sendo a principal delas, o preenchimento do formulário para receber o material ofertado.

Lembre-se que a Landing Page deve ser uma página separada do seu site. Muitas pessoas acreditam que a home do seu site pode ser considerada uma landing page, e isso está errado. A home do site possuí diversas saídas, que apontam para todos os seus conteúdos. A Landing Page deve ser específica e direta. As duas páginas, apesar de igualmente importantes, servem funções diferentes.

3 – Trabalhe bem o seu conteúdo

            Como em qualquer peça que você irá divulgar, texto e layout devem andar lado a lado em uma Landing Page.

Elabore um título que seja chamativo e que reflita aquilo que está sendo ofertado na página. Tenha em mente que, atualmente, o tempo que você tem para chamar a atenção do seu lead é muito curto. Portanto, deixe bem claro qual é a informação essencial ali. Você está ofertando um e-book? Uma webinar? Coloque logo no título qual a sua intenção.

O conteúdo textual de uma Landing Page precisa ser breve, mas informativo. Tente descrever sucintamente o material ofertado e como ele pode ajudar o visitante.

Novamente, lembre-se que o foco deve estar na oferta. Logo, não há necessidade de falar sobre a sua empresa e os seus feitos, mas sim sobre os benefícios daquilo que você está oferecendo.

4 – Cuidado com os formulários

            Em uma campanha de Landing Page, você oferta algum material em troca de dados dos seus clientes. Assim, você é capaz de conhecer e segmentar melhor o seu público, otimizando o resultado de campanhas futuras, sejam elas de outras páginas, e-mails marketing etc.

O formulário deve ser o mais breve possível. Solicite apenas aquelas informações que são estritamente necessárias para o seu objetivo. Formulários com muitos campos a serem preenchidos tendem a cansar o visitante, que pode desistir no meio do caminho.

5 – Sempre deixe pronta uma página de agradecimento

            A pessoa não pode fazer um download do seu material e cair em uma página deslocada daquele assunto. Deixe uma página de agradecimento para demonstrar a sua preocupação com a experiência do cliente e, quem sabe, já ofertar outros conteúdos relacionados ao que acabou de ser baixado.

Importante: assim como em campanhas de e-mail marketing, você precisa realizar inúmeros testes para avaliar o retorno de elementos como o call-to-action, os campos do formulário e até mesmo o título utilizado. Vá mensurando os resultados e ajustando a campanha conforme for necessário.

Gostou das dicas de hoje? Comente aqui embaixo a sua experiência com a criação e divulgação de Landing Pages!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *