Porque não cortar o marketing nos momentos de crise

10 abr 2017
Jacqueline Caixeta
247
0

Em tempos de crise financeira é normal que as empresas façam alguns cortes para não comprometer o andamento. Nessas horas um dos primeiros departamentos que sofrem com esses cortes é o de marketing e comunicação.

Isso porque ainda é pouco difundido a importância e a relevância que um trabalho bem feito do setor de marketing pode ter nas estratégias do seu negócio. Esse setor é responsável por fazer análises internas da empresa e análises de mercado, identificar tendências, entender e engajar com o público e manter uma boa relação com clientes e possíveis clientes.

Além disso, é esse setor que, em situações de crise pode ajudar a reverter a situação criando estratégias inteligentes que podem alcançar bons resultados no curto e médio prazo.

Aqui vão mais alguns motivos para você não deixar de lado a equipe do marketing:

1. O marketing ajuda na construção da imagem da sua empresa

Manter a qualidade do seu produto e do seu atendimento ao cliente já deixou de ser um diferencial no mercado competitivo de hoje. Por isso é preciso criar estratégias que destaquem seus diferenciais competitivos, que passam por manter uma relação próxima com o cliente. É aí que o marketing tem um papel essencial.

Se em um momento de crise está difícil conseguir novos clientes, é necessário que se reafirme a fidelização daqueles que já fazem uso do seu produto. São eles quem irão garantir que seu negócio continue vendendo e podem ainda indicar a sua empresa a amigos e familiares que também precisam do serviço e/ou produto oferecido.

2. O marketing consegue bons resultados para curto, médio e longo prazo

As relações de curto prazo envolvem somente a venda, principalmente com aquele tipo de cliente que já sabe o que quer e estão prontos para a compra. Mas no médio e longo prazo o marketing, principalmente o marketing de conteúdo, tem um papel importante.

Isso porque as estratégias de longo prazo incluem uma construção mais densa da imagem da empresa na busca pela conquista de novos clientes e de aumento do número de vendas. Procurar somente por saídas imediatas em tempos de crise pode ser um erro perante a um mercado de tanta concorrência.

3. O marketing faz um estudo e conhece bem o perfil do seu consumidor

Por mais que os empresários e os donos de negócios têm ideia de quem são seus clientes, os profissionais de marketing conseguem fazer um estudo mais a fundo. Esse tipo de conhecimento acaba sendo muito produtivo e gera resultados que te colocam a frente do mercado.

Hoje já não se faz mais uma definição de público tão abrangente que envolve somente o sexo, idade e classe social. Os clientes estão mais exigentes e o mercado tem que acompanhar a segmentação existente. Por isso o marketing digital criou a concepção de personas, que são representações de um público ideal com características específicas como idade, interesses, objetivos e dificuldades.

Dessa maneira o profissional de marketing consegue aconselhar seu departamento de vendas sobre as melhores formas de atender os objetivos desse cliente.

4. O marketing trabalha diretamente com mensuração de resultados

O marketing digital é uma área que vem se destacando porque trabalha com precisão em cada ação. Desde do estudo do público alvo, até identificar qual ação levou a venda e quais tiveram a maior taxa de rejeição.

Isso ajuda muito na hora de mensurar os resultados de cada estratégia e perceber em cada caso o que vem dando certo e o que não. Através desses números o profissional de marketing consegue aumentar as vendas e otimizar os investimentos, duas ações imprescindíveis em momentos de crise.

Podemos então concluir que o mercado vem sofrendo muitas mudanças e enxerga-se uma mudança no hábito de consumo. Por isso é preciso focar em novas formas de vender e para isso nada mais essencial que uma competente e qualificada equipe de marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *